CalendárioPortalInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Tokyujumaru Sanosuke

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tokyujumaru Sanosuke
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 12

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Werewolf
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Tokyujumaru Sanosuke   Seg 21 Abr - 12:37

Nome Completo: Tokyujumaru Sanosuke

Idade: 45
Data de Aniversário: 02/02
Sexo: masculino

Ocupação: outros - andarilho / faz tudo
Avatar 1: Heishiro Mitsurugi (soul calibur V)
Avatar 2:
Avatar 3:

Youkai: Werewolf

Aparência: Homem alto cerca de 1,90 de altura pesando 100 kg de puro músculo, se corpo é bem definido, tem braços fortes, e tronco largo. Sua pele bronzeada, mas não muito, possui algumas cicatrizes pelo corpo devido sua profissão, tem cabelo comprido e bagunçado, e uma barba curta (short boxed beard) ambos de cor preta. Sempre está com seu tradicional quimono preto e vermelho em algumas pequenas partes, também possui detalhes em branco e prata, desenhos parecidos com ondas do mar, tudo com uma faixa marrom na cintura, também usa um sakkat (aquele chapéu de palha) e claro usa os famosos getas (aqueles chinelos de madeira). Sempre carrega consigo sua katana de um lado da cintura. A bainha da katana e preta e possui entalhado um dragão folhado à ouro que vai de uma ponta a outra, essa espada está selada já que ele só a usa em ultimo caso. Em si sua aparência é de um samurai largadão, apesar dele cuidar bem de seu físico.

Personalidade: Durante muito tempo foi um cara convencido, arrogante e cheio de si, achava que ninguém o poderia superar, não para menos devido suas origens ele sempre foi mais forte e mais ágil, o que ajudou a seguir em sua profissão. Porém tudo isso mudou devido alguns eventos em sua vida aprendeu a viver uma vida simples e feliz, ele passou a ser alguém mais sábio, calmo, gentil, paciente, humilde e bem humorado. Diferente de quando era mais novo, não sai resolvendo tudo na porrada, prefere dialogar e usar a força como ultimo recurso, de certa forma é um ótimo ouvinte e normalmente tem um bom conselho para dar aqueles que o buscam. Apesar de tudo ele continua preguiçoso, sempre dando a desculpa que apenas está esperando pelo momento certo. Não tem muito talento com trabalhos comuns, normalmente não fica parado em um emprego, sempre buscando um bico para fazer em qualquer lugar.


Ficha + Habilidades

Força: 100
Agilidade: 150
Destreza: 130
Inteligência: 100
Vitalidade: 60
Magia: 10


Habilidades Especiais


Habilidade Passiva: Moon's Blessing
Descrição: Durante a noite ao ser iluminado pela lua Sanosuke recebe uma barreira igual a 10% na lua cheia, 5% nas luas minguante e crescente e 2,5% na lua nova do seu HP assim que a luta começa, e essa barreira se renova após 7 turnos ou se ele ficar 3 turnos sem receber nenhum ataque. Adicionalmente ele recebe um bônus para cada fase da lua. 
Lua Nova: Assim como a lua se “esconde” na fase de lua nova ele fica invisível por 1 turno, a cada 7 turnos; 
Lua Crescente: Suas forças começam a crescer nessa fase da lua, seus ataques se tornam mais violentos, a cada 7 ataques ele realiza um ataque brutal em seu alvo paralisando por 1 turno; 
Lua cheia: Seus sentidos estão mais apurados do que nunca na lua cheia, dando a ele a capacidade de desviar um projétil que venha em sua direção a cada 7 turnos; 
Lua Minguante: Assim como uma lâmina no céu, na fase minguante os ataques de Sanosuke se tornam mais afiados, causando o status de sangramento no seu alvo, esse perde 1% de vida por turno por 5 turnos. Efeito não acumulativo.

Habilidade 1: Energy Strike (2 turnos de cooldown) (30 Mana)
Descrição: Sanosuke rapidamente avança cinco metros a sua frente realizando um corte lateral, causando 30 (+90% do Ataque) de dano daqueles que estiverem nesse caminho.

Habilidade 2: Harmony (Passiva)
Descrição: Sanosuke marca um alvo cada vez que ele desfere um ataque básico, depois de três ataques nesse alvo esse ganha o status de enfraquecido, perdendo 30% da sua armadura até o próximo ataque. Enquanto o Sanosuke “marca” seu oponente ele converte 10% do dano em HP.

Habilidade 3: Sound of Peace (8 turnos de cooldown) (50 Mana)
Descrição: Sanosuke coloca sua espada parcialmente em sua bainha levantando-a na altura de seu tronco em seguida ele a guarda por completo realizando um eco que transmite uma tranquilidade naquele local deixando todos aquele que o escutam silenciados durante 2 turnos.

Habilidade 4: Phantom Flux (10 turnos de cooldown) (100 Mana)
Descrição: Sanosuke concentra seu youki fazendo com que ele se misture com os youkis a sua volta, o tornando inatingível durante um turno, além disso ele é capaz de andar livremente pelo meio que ele está, realizando três ataques consecutivos. Causando 40 (+60% do Ataque) de dano por cada ataque se for um alvo, 60 (+70% do Ataque) de dano por cada ataque se forem dois alvos, sendo que ele é obrigado a acertar pelo menos um golpe em cada um e o terceiro ataque no alvo com maior porcentagem de vida restante, por fim 80 (+80% do Ataque) de dano por ataque caso forem três alvos, sendo assim ele só pode realizar um ataque em cada alvo.



Informações Extras


- Possui uma habilidade extra similar ao mestre dos magos, quando não se está prestando atenção ele consegue aparecer e desaparecer em um piscar de olhos (Fora do pvp).
- A katana está selada magicamente e só pode ser retirada da bainha pelo Sanosuke.
- Não gosta muito de trabalhar, sendo mais fácil vê-lo descansando de baixo de uma árvore ou em um parque, do que em algum lugar por ai fazendo algo de útil.
- Possui um “sexto” sentido voltado para o perigo, quando alguém estiver precisando dele, ele possivelmente pode aparecer do nada para ajudar.
- Gosta muito de sake e criou uma longa resistência ao álcool, qualquer um que o convide para tomar sake ele aceita sem hesitar.
- Segue um código de honra: nunca mais vai matar alguém, mesmo que legitima defesa, não irá tirar proveito de seu poder para tomar vantagem sobre alguém mais fraco e por fim se alguém lhe pedir ajuda com qualquer coisa ele irá ajudar, desde que não venha confrontar as outras duas.
- Durante sua moradia naquele refúgio aprendeu a tocar tanto a flauta transversal como a biwa e sangen, mas sempre carrega consigo uma flauta feita de bambu que ganhou de presente.


Biografia

Nasceu em uma família pobre, em uma casa onde viviam seus avós e quatro irmãos, o rapaz é o mais novo de todos é sete anos mais novo que o segundo mais novo, já os outros quatro tem uma diferença de um ano mais ou menos para cada um. Não era filho do mesmo pai que seus outros irmãos, esse era um homem muito gentil e amoroso com sua família, era bem sucedido em sua carreira dava conforto e alegria aquela casa, porém por causa de uma súbita doença, eles acabaram perdendo grande parte dos seus recursos para tentar salva-lo, mas tudo em vão, o homem morre muito cedo deixando a mulher e seus quatro filhos.
Depois de perder muito do que tinham eles se mudaram para uma pequena vila no interior do país, lá começaram a viver como agricultores, passaram seis longos anos batalhando para conseguir reestruturar suas finanças, e apesar de não possuírem mais o luxo que antes tiveram, aprenderam a viver daquele jeito, sendo uma família feliz. Mas em uma noite em quanto a mãe dos meninos estava caminhando pela plantação ela foi sequestrada por alguns bandidos que a levaram para a floresta, caminharam durante algumas horas até chegar à uma clareira, então quando eles pensaram o que iam fazer com ela um vulto veio do meio da floresta tragando um a um para o meio da escuridão, apenas foi possível se ouvir um uivo de uma fera. Aquela mulher então aproveita a situação para fugir pensando que estava salva, quando de repente encontra um homem em seu caminho dizendo ser seu salvador, porém ela agora lhe devia algo, como não tinha muito o que oferecer ela o acompanha até uma cabana no meio da floresta ficando com ele naquela noite.
Então na manhã seguinte ela volta para sua casa chegando lá todos estavam preocupados com o que acontecera, mas ela acaba não dizendo a ultima parte da história. O tempo foi passando e a barriga dela foi crescendo até que em uma noite chuvosa ela com muita dificuldade deu a luz a um menino, mas antes que o pudesse ver ela acaba morrendo. Seu avô gostava muito de ler romances da época dos samurais dando-lhe um nome correspondente. Apesar de ter o amor dos seus avós, seus irmãos o odiavam, tanto porque achavam que ele era o motivo de sua mãe ter morrido como conforme ele ia crescendo ele ia se destacando e deixando seus avós mais admirados.
Então eles tramaram uma emboscada, o jovem tinha próximo de 12 anos quando eles o deram algo para tomar que tinha um sonífero, então o levaram para uma cidade longe dali e o venderam como escravo para um homem muito rico. Quando voltaram disseram para seus avós que a mesma fera que uma vez atacou os bandidos que sequestraram sua mãe atacou o jovem, eles ficaram muito triste de inicio, mas ficaram gratos por não terem perdido todos os seus netos, assim continuaram suas vidas de agricultores.
Durante um bom tempo o jovem serviu aquele homem, primeiro trabalhando como entregador e mensageiro, mais tarde começou a trabalhar nas plantações daquele homem, que acabou notando que o rapaz tinha porte força e velocidade para fazer outras coisas. Quando o rapaz fez 16 anos ele começou a ter aulas de artes marciais, aprendeu a usar vários tipos de armas, se destacando com a katana. Ao completar 18 anos aquele homem diz ser um mafioso muito importante e que se o jovem começasse a trabalhar para ele fazendo alguns “serviços” ele daria a liberdade ao mesmo, com certeza ele agarraria aquela oportunidade.
Passou mais algum tempo treinando, agora para ser o uma “arma” na mão daquele homem. Começou a fazer tudo que lhe pedia, destruir os negócios dos seus concorrentes, extorquir e ameaçar pessoas, e até mesmo matar os inimigos daquele homem. Missão após missão, o rapaz ia crescendo e se tornando cada vez mais forte e ágil, ninguém era capaz de detê-lo. Depois de anos, agora com 28 anos o rapaz recebe sua liberdade, porém tarde de mais já sabia muito e estava preso naquilo, não que ele quisesse sair dali ele era muito bom naquilo, sendo assim ele acaba se tornando o braço direito daquele homem.
Então ele conhece uma moça por quem se apaixona, uma nova funcionária de seu chefe, lhe servia como assistente, ela era descendente tanto de oriental como ocidental, o que fazia com que ela se destacasse, uma moça muito bonita, loira com um corpo maravilhoso e também uma mente brilhante. Cada vez mais que passava tempo com ela ele ia se apaixonando mais e mais, descobriu que ela era uma ótima atiradora e passaram a agir juntos em suas missões. Porém nem sempre tudo é o que parece ser, aquela moça na verdade era uma espiã que estava a serviço de um inimigo daquele senhor, durante muito tempo ela passava informações das operações vazando dados valiosos para outro mafioso.
Quando o homem completara 34 anos ele decide se “aposentar” da vida de assassino e se casar com aquela moça, seu chefe muito feliz com seus anos e anos de trabalho aceita aquela decisão, com algumas condições, primeiro que ele iria se tornar mentor de novos assassinos os ensinando a ser como ele, segundo ele deveria realizar seu ultimo “trabalho” e por fim, juraria que a sua família iria servir para sempre a família daquele senhor. Aceitando aquelas condições ele parte para realizar sua ultima missão, iria matar, destruir tudo o que pertencia a um mafioso roubando apenas o dinheiro e mercadorias, mas infelizmente era para esse tal mafioso que a moça com quem ele iria se casar trabalhava. Era mais um trabalho comum só que eles foram surpreendidos, acabaram sendo massacrados e pela primeira vez, o rapaz desperta seus poderes youkais garantindo sua sobrevivência, ele foge e volta para a casa daquele senhor e para sua surpresa essa estava pegando fogo, tudo a sua volta, os galpões, os campos toda a fazenda do seu chefe estava destruída, ele corre rapidamente para dentro da casa procurando pelo seu chefe e lá o encontra morto, procura por sua noiva e também não a acha, estava perdido e sem o que fazer ele sabia que aquilo era um contra ataque do mafioso que eles atacaram, para vingar a morte de seu chefe ele reúne os homens que restaram e vai atrás daquele de vingança.
Um grande massacre aconteceu ali, uma batalha violenta trazendo uma imensa destruição para ambos os lados, até depois de horas de uma luta exaustiva aquele mafioso começa a fugir em um carro, o rapaz monta em uma moto e vai atrás dele e consegue alcançá-lo em uma ponte que ligava uma estrada que ia para as montanhas, caso o perdesse ali ele nunca mais teria sua vingança. Então ele saca sua espada e acerta uma das rodas do carro fazendo o capotar, para a moto um pouco a frente do carro e desce, indo em direção ao mesmo ao chegar lá vê aquele homem quase morto apoiado rindo do mesmo, o que o deixa furioso pega aquele senhor pela camisa e pergunta o porquê dele estar rindo, então ele conta toda a verdade para o rapaz, indignado ele finca a espada naquele senhor e quando estava para sair daquele local ele vê a sua noiva parada do outro lado da ponte apontando a arma em sua direção, ela ouvira tudo, ao se aproximar nota que a mesma chorava, uma forte chuva começa a cair, similar a do dia de seu nascimento, deu mais um passo a moça pede para ele não se aproximar mais, os dois sabiam muito e não podiam viver juntos ele inconformado da mais um passo e a moça dispara no chão falando para ele não vir mais perto, ele arrisca outro passo então apenas ouve um disparo em sua direção, sente seu corpo perdendo o equilíbrio e começa a caminhar em direção ao beiral da ponte, sua ultima visão foi a moça sacando uma pistola disparando contra si mesma, ele desmaia e cai no rio.
Depois de alguns dias ele acorda em um lugar estranho, seu corpo estava dolorido, estava todo enfaixado ele levanta e nota o curativo em seu ombro direito, começa a lembrar da cena, fica desesperado e cai na cama, ficando mais uns dias desacordado. Quando acorda pela segunda vez ele nota que estava em uma casa antiga, sai para a varanda e ali encontra uma moça, pergunta onde ele estava, ela diz que aquele era um local pessoas como ele se refugiavam e viviam em harmonia, era uma vila cheia de youkais, era um local escondido de todo o resto da civilização, e que por um acaso ele foi encontrado na beira de um rio quase morto por aquela mulher que o trouxe para lá e cuidou de seus ferimentos.
Ele fica admirado com tamanha bondade nunca imaginou que era possível ver isso em uma pessoa tão jovem, não dessa forma tão despretensiosa, lembrando que recebera algo assim apenas de seus avós. De fato era uma moça jovem, tinha apenas seus 14 anos, mas vivia sozinha em uma casa separada da vila, sua família morreu muito cedo, quando ela tinha 10 anos, devido um acidente em que apenas ela sobreviveu, muitos achavam que ela estava amaldiçoada, já que toda casa que ela se mudava, acontecia um acidente com as pessoas dali, sendo assim o conselho daquela região achou melhor ajudá-la à distancia, mantendo-a afastada da vila enviando recursos para moça periodicamente. Comovido com a historia e sem ter para onde ir, aquele homem decide virar o guardião da jovem e servi-la em troca dela ter salvado sua vida.
Levou um ano para se acostumar com uma vida pacifica de agricultor, tinha muitos pesadelos com o seu passado, todos aqueles que ele havia matado sem hesitar, toda aquela destruição que havia feito, infelizmente não podia voltar atrás, mas sim mudar o seu futuro. Aprendeu a cultivar todo tipo de alimento que vinha da terra, criando uma grande plantação em volta da casa da moça, e com o passar dos anos a vila não precisava enviar recursos para eles, começaram a comprar os produtos da colheita dos dois. Periodicamente aquele homem ia até a vila para fazer algumas trocas, um dia comprou alguns instrumentos musicais e levou para a casa da moça, assim aprenderam juntos a tocá-los. Aquela casa ficava no topo de uma colina sendo possível ver toda a vila que ficava no vale logo ao lado.
Aquele local era bom de mais para ser destruído então depois de quatro anos que estava ali ele criou um Dojo, próximo a sua casa onde passou a ensinar aqueles alguns aldeões a se defenderem caso alguém tentasse tomar aquele lugar, e mais tarde um ano depois naquele mesmo dojo também pessoas eram ensinadas a tocar instrumentos e fazer todo tipo de ferramentas. Assim quando a vila precisaria sair atrás de recursos em outros lugares. Assim se passaram seis anos desde que ele estava ali, e pela primeira vez aquele homem sentia tranquilidade e paz, algo que nunca havia experimentado antes, durante muito tempo fazia as coisas porque era mandado fazer, agora as fazia porque queria e se sentia muito bem com isso, saber que fazia aquilo para o bem daquela aldeia era muito gratificante, claro que muito do que aprendeu no seu passado ele usou, mas apenas aquilo que poderia tirar um proveito benéfico, então ele decide deixar aquela vida de assassino e decide selar sua espada, apenas a usaria como ultimo recurso.
Cuidava daquela jovem como se fosse de sua família, apesar de ser bem independente era uma menina muito desastrada, normalmente se machucava à toa caindo ali e aqui, via aquela moça se tornando uma linda mulher, muito inteligente e gentil, porém crescendo isolada daquela vila, o deixava triste. Ele decide ajudá-la a quebrar essa maldição, durante os 6 primeiros anos que viveu com ela, fez com que ele percebesse que ela não tinha uma tal maldição, apenas teve a infelicidade de perder aqueles que estavam próximos dela, e claro quem sabe se ela fosse menos desastrada as pessoas achariam coisa melhor dela. A principio achavam que ele também era amaldiçoado por conseguir viver com ela, mas com o passar dos anos as pessoas começaram a notar que os dois eram apenas dois desafortunados.
Conforme ele ia criando aquele local onde eles viviam algumas pessoas se aproximavam deles, até que um rapaz, começou a se interessar pela jovem e depois de um ano ela se casa com ele, agora com seus 41 anos de idade ele parecia mais com um pai, que via sua filha se casando com o homem da vida dela, sua felicidade era muito grande naquele dia, nada iria estragar aquilo. Agora começou a viver com sua nova família, não demorou muito para virem seus “netos” os quais amava e cuidava com muito carinho. Passou a viver no dojo, já que aquela casa era pequena para todos, mas visitava aquela família periodicamente. Por fim mais quatro anos se passaram viu que tudo aquilo que fez em 10 anos havia sido muito bom, ele era uma pessoa totalmente diferente, não era nem possível reconhecê-lo.
Então subitamente ele tem a vontade de sair errante por ai, conhecer novos lugares, aprender novas coisas, ainda havia muito para se ver, já que perdera muito tempo servindo aquele mafioso, e afinal aquela moça agora era uma mulher, tinha alguém que a protegesse e cuidasse dela. Ele vai até a casa da moça e se despedi de sua família, promete que um dia iria voltar, mas antes gostaria de conhecer um pouco mais do mundo do qual ele ficou privado por tanto tempo. Em um dia ensolarado ele sai daquele santuário, renovado e totalmente mudado, começa vagar sem um destino certo por todo o Japão, durante um ano inteiro ele visitou inúmeros locais, desde montanhas e florestas, até as praias e cidades,cada dia sua aventura, procurava sempre estar em lugares diferente, conhecer pessoas e locais novos.
Estava muito feliz com o seu progresso, havia conhecido inúmeros lugares e pessoas, sempre caminhando sem um destino certo, tinha o habito de pegar um trem, ou um ônibus ou até mesmo carona com pessoas indo para um lugar aleatório. E não foi diferente estava sentado em um ponto de ônibus quando um para ali, apenas o motorista estava ali dentro, esse sorri, parecia saber da jornada que aquele homem estava fazendo, então o convida para entrar e ir a um lugar diferente de todos os outros, movido pelo senso de aventura ele sobe no ônibus e parte para um novo destino, Youkai Gakuen.


Última edição por Tokyujumaru Sanosuke em Qui 1 Maio - 12:20, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dare-pyon
Avaliador
Avaliador
avatar

Mensagens : 282

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Sub-ADM / Avaliador
Nível: 99
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Tokyujumaru Sanosuke   Sab 26 Abr - 18:46

Eu sei que esse fórum é de seres sobrenaturais e mágicos e etc, mas não espere que eu aceite essa passiva que cria magicamente uma passiva sem nenhum tipo de explicação, sendo que ele é um lobisomem e essa raça não possui nada do tipo. Explique o porque dele possuir esta barreira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tokyujumaru Sanosuke
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 12

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Werewolf
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: Tokyujumaru Sanosuke   Qui 1 Maio - 12:22

Editado. Eu mudei a passiva, veja se agora está aprovável... obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dare-pyon
Avaliador
Avaliador
avatar

Mensagens : 282

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Sub-ADM / Avaliador
Nível: 99
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Tokyujumaru Sanosuke   Seg 5 Maio - 21:32

Ficha aprovada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tokyujumaru Sanosuke   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tokyujumaru Sanosuke
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Kit - Sagara Sanosuke]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Youkai Gakuen :: Início :: Fichas de Personagens-
Ir para: