CalendárioPortalInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Takahashi Aya

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Takahashi Aya
Estudante do 2º Ano
Estudante do 2º Ano
avatar

Mensagens : 71

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Kesalan Patharan
Nível: 3
Experiência:
500/1000  (500/1000)

MensagemAssunto: Takahashi Aya   Qua 15 Jan - 11:44

Ficha + Personagem


 

Nome Completo: Takahashi 
Aya


Idade: 16. 
Data de Aniversário: 15/11. 


Sexo: Feminino. 


Ocupação: Aluno (2° Ano) 
Avatar 1: Victorique (Gosick)
Avatar 2: Pascal (Enrolados)
Avatar 3: 


Youkai: Kesalan Patharan
Aparência: 
Aya é uma garota de 16 anos com aparência de 12, pequena, medindo quase 1,47, sem peito, sem bunda, sem coxas grossas, ela tem o corpo de uma criança ainda em desenvolvimento, parece ter mais ou menos 40 quilos, mas na verdade ela mal chega a 15 quilos por causa de sua descendência Kesalan. Tem um rosto de boneca, olhos grandes de cor verde esmeralda, boca pequena e fina, nariz pequeno, sua pele é alva. Possui uma voz e articulação de fala que a faz parecer uma mulher amadurecida. Têm cabelos muito longos, as pontas do cabelo chegando até os pés, com uma cor loira clara, tendo uma franja grossa. Em dias não letivos, se não ta usando outra versão do uniforme, está usando um vestido preto de cheio de rendas e babados, com estilo renascentista. Ela sempre esta com um cachimbo de cerâmica branca com detalhes azuis, quando está pensando ela parece estar fumando, com um livro em mãos e seu amigo Pierre, um camaleão, escondido em sua nuca.

Pierre um camaleão medindo entre 15cm e 25cm, dependendo da cauda, se está muito enrolado ou não, é de uma cor verde bandeira, com algumas partes mais claras, como os lábios e uma listra pelo corpo, no corpo a também alguns listras azuis, tem olhos grandes castanho avermelhados e patas grandes. Ele fica sempre com Aya escondido na nuca da garota, tenta ficar da cor do cabelo dela, consegue se esconder bem quando precisa, de vez em quando é descoberto pelos seus grandes olhos.


Personalidade: 
Aya tem uma língua afiada e abusiva, tem uma atitude excêntrica e uma personalidade infantil, se tornou assim por ter sido separada de sua babá, mas quando conquistada, se mostra uma garota muito carinhosa e atenciosa, mas continuando com a língua afiada, não pensa muito para falar, se torna um pouco grudenta por gostar de ficar junto dos outros, mas quando quer ficar sozinha é capaz de ficar imóvel como uma boneca e fingir que não escuta para a pessoa desistir de falar com ela, é muito curiosa e ama doces, se alguém quer conquistá-la é só aparecer com doces para ela, tem pouca tolerância a dor, mas se torna muito forte quando necessário. É fácil de ser encontrada, sempre está na biblioteca em meio aos livros, se alguém precisa de ajuda para encontrar algum livro especifico ela vai saber onde está, encontrando-o com grande facilidade. De vez em quando Aya parece estar conversando sozinha, mas na verdade ela esta conversando com Metatron, ninguém pode escuta-lo além de Aya, como sempre ta com Pierre, seu cameleão, ela finge que ele é Metatron.

Pierre é um camaleão diferente, ele só falta falar, parece entender o que Aya fala, tendo reações, a principal é mudar de cor de acordo com que Aya fala para ele.
    








Ficha + Habilidades



 

Força: 30 
Agilidade:60 
Destreza:100 
Inteligência:100  
Vitalidade: 50 
Magia: 115 


Habilidades Especiais



Habilidade Passiva: Groynes

Descrição: Aya é uma garota pequena e frágil, quando entra em uma batalha esporões com as pontas envenenadas começam a crescer no chão em volta da pequena menina a protegendo da aproximação do inimigo. Caso o inimigo pise nos espinhos diminuirá a velocidade de ataque em 10% por 2 turnos e na terceira vez que o inimigo pisar nos espinhos causará o status Atordoado por 1 turno.



Habilidade 1: On your Knees (3 turnos de cooldown) (35 Mana)

Descrição: Aya não é o tipo de moça que recebe ordens, e sim as dá. Ao usar essa habilidade Aya arremessa uma nuvem de Youki, semelhantes a um algodão que diminui a velocidade de movimento e ataque do seu oponente em 10%, acumulando em até 3 vezes. Ao utilizar essa habilidade 3 vezes no seu oponente este fica preso no chão como se estivesse ajoelhado para a moça durante 1 turno. Após o 3 golpes a velocidade do oponente volta ao normal.



Habilidade 2: Smoke Pollen (5 turnos de cooldown) (60 mana)


Descrição: Aya carrega consigo um cachimbo mágico herdado de seus antepassados, ele não serve para “fumar” algo, mas sim para projetar o Youki do usuário em uma especie de fumaça de 1 metro de raio, formada por pólen. Essa fumaça torna o ambiente hostil para aqueles que estão dentro dela, menos para Aya, causa 50% de Ataque Mágico como dano mágico, mais 2% do ataque mágico como dano contínuo por turno caso o inimigo permaneça dentro da fumaça. Inimigos que inalam a fumaça perdem 5% de seu ataque mágico por 3 turnos.



Habilidade 3: Cotton Wall (6 turnos de cooldown) (60 Mana)

Descrição: Da mesma forma que Aya consegue projetar seu Youki de forma ofensiva ela consegue de forma defensiva, criando uma camada de algodão nela ou em um aliado, reduzindo o impacto do dano causado pelos seus oponentes. Reduz em 25% o dano, tanto mágico como físico, durante 3 turnos.


Habilidade 4: Words Hurt (9 turnos de cooldown) (75 Mana)

Descrição: Há muito no poder nas palavras, Aya aprendeu a utilizá-lo muito bem. Concentrando seu Youki na ponta da lingua e juntamente com uma grande imaginação é capaz de ferir seus adversários usando apenas palavras, compensando sua fragilidade física. Ao usar essa habilidade Aya consegue transformar seus ataques básicos em ataques mágicos (ou seja, causará dano mágico baseado em seu ataque mágico). Durante 3 turnos Aya consegue atacar de longe apenas falando algo, criando espadas mágicas, ordenando que pedras voem na direção do seu inimigo, tudo o que a jovem possa imaginar.

 

Informações Extras:
> Em dias com vento a Velocidade de Aya aumenta em 10%, consequência de seu baixo peso corporal.
> Aya sempre está com seu cachimbo herdado de seus antepassados o qual não é usada para fumar, mas para concentrar sua Youki e ela também o usa para se concentrar quando pensa em algo.
> As vezes Metatron ajuda Aya em batalha, falando onde vai ser atacada e o que deveria fazer.
> Não só em batalha Metatron sempre está guiando Aya.





Biografia
 
Takahashi Aya é a filha de duas importantes figuras, do Japão e da França. Milionários, vivem em uma grande mansão localizada em Nagoia, a maior cidade da região de Chuchu, sendo esta a terceira cidade mais rica do Japão, perdendo para Tokio e Osaka.
O pai de Aya, Hugues de La Barre, francês, é um delfim da coroa francesa, e sua mãe, Takahashi Misao, japonesa, tem um importante cargo no parlamento japonês. Os dois se conheceram em uma reunião de negócios entre o Japão e a França que ocorreu em Paris. Misao viajou para França para a reunião, lá ela encontrou com Hugues, ainda herdeiro do trono, ele se encanta pela moça de olhos puxados e a chama para sair enquanto estava na França, mostrando as maravilhas do lugar, Misao acaba ficando mais tempo que devia, arrumando um cargo como representante do Japão na França, ficando até o momento em que pensaram no casamento. Porém o casamento era praticamente impossível, pois Misao deveria voltar para o Japão logo. Foi quando Hugues decidiu ir com ela, contudo seu pai adoeceu e Hugues desistiu da viagem e, assim, Misao teve que voltar sozinha. O rei morreu um ano depois deixando a coroa para Hugues, este, por sua vez, renegou ao trono para poder encontrar com Misao, dando o lugar a seu primo e ficando apenas com o título de delfim. Ao chegar ao Japão, Hugues reencontra Misao, casa-se com ela e torna-se o representante da família real francesa no Japão.
Em uma tarde Aya nasceu, mas desde o começo não foi desejada, seus pais eram muito ocupados e só se preocupavam com o emprego e os seus próprios compromissos, além do que eles nunca queriam ter tido uma prole, sendo Aya um descuido de uma noite de amores.
Os pais contrataram uma babá, para cuidar e educar de sua descendente indesejada. Orihime, a babá, é de uma família japonesa, mas sua família foi para a França e ficaram realmente conhecidas por serem extremamente trabalhadoras e por nunca terem notado nenhum homem nesta grande família, apenas mulheres dando fruto a novas mulheres. Mas, como a descendência de Aya, Orihime tinha um grande segredo.
Orihime cuidou e educou Aya como sua filha, na verdade Aya a considerava mais sua mãe do que a própria, chamando Orihime de mãe. Orihime retribuía o carinho chamando-a de fadinha. Com ela, Aya aprendeu tudo que precisava, mas gostava mesmo de ler os livros da grande biblioteca da mansão, sendo o seu livro favorito o qual continha a história da Família D’Arc, este livro foi a babá que a deu. Orihime ficava até altas horas contando histórias sobre a família D’Arc, sempre na biblioteca, lá era o refúgio de Aya, ela contava que sua família conheceu os D’Arc e contava histórias que dizia ter passado de geração em geração.
 Aya gostava bastante das histórias, mesmo não sabendo se era verdade ou não, ela se identificava com Joana D’Arc, principalmente porque como Joana, Aya escutava uma voz e conversava com ela, esta voz se intitulava Metatron, no começo ficava assustada, mas depois que conheceu a história de Joana ficou mais calma em relação a isso, pois percebeu que não era a única, sendo que hoje ela conversa com ele sem preocupações e sempre que precisa de um conselho.
Em um de seus aniversários Aya ganhou de Orihime um camaleão, as duas em uma conversa concordaram que o camaleão era o animal mais intrigante que existia, com a facilidade em mudar de cor, os olhos que enxergavam em todos os ângulos, sendo que são independentes, podendo fazer cada olho apontar para um lugar diferente. Aya o chama de Pierre, sendo homenagem a Pierre D’Arc, e o escondia entre o ombro e a nuca.
Mas em meio a tudo isso, havia três segredos em sua família que Aya e seus pais nem sequer desconfiavam de sua existência, porém sua babá não só os conhecia com um deles era sobre a própria e os outros sobre a descendência de Hugues e Misao.
Na verdade Orihime era uma grande maga, viva a centenas de anos, que sempre serviu a Família D’Arc e, para que não parecesse suspeita, de tempos em tempos sumia e reaparecia com um novo nome e dizendo sempre que era parente (filha ou sobrinha) da antiga serva, reassumindo seu papel na família, o que explica o fato de ninguém notar homens na família dela.
O segredo relativo à Hugues também tem o envolvimento de Orihime, sendo a serva dos D’Arc, esta sabia tudo sobre suas vidas e sabia que Pierre D’Arc teve dois filhos e uma filha. Tal filha se casou com um La Barre, mas por ser de uma família nobre, real, herdeiros direto da coroa e os D’Arc não, além da reputação de Joana D’Arc, eles optaram por esconder o sobrenome D’Arc, fazendo assim com que estes sumissem. Portanto Hugues de La Barre na verdade é um descendente dos D’Arc, mais especificamente de Pierre D’Arc, irmão mais velho de Joana, porém não era o primogênito, Orihime sempre esteve por perto, os ajudando pra tudo sair certo, quando o povo pensou que os D’Arc não existiam mais, Orihime se afastou, se isolando. Ao prever o nascimento de um bebê, descendente de um D’Arc, não sendo desejado pelos próprios pais, ela sente a obrigação de cuidar deste e sai de seu isolamento para cuidar dele, sendo o bebê Aya.
Enquanto Aya crescia, Orihime foi atrás da história de Misao, querendo se certificar se havia algo de extraordinário na história da família Takahashi, foi quando descobriu que Misao descendia de uma Kesalan Patharan, sua avó era uma Kesalan Patharan pura, mas Misao renegou sua descendência, já que não tinha puxado nada desse Youkai, ela não se importava com nada que vinha dessa parte de sua família, desde pequena sempre quis ser rica e só se importava com sua carreira. Quando Orihime descobriu isso conseguiu entender o porque que Aya com 13 anos parecia ter 8 e continuava pequena, sem contar que era bem leve, ela puxou as características de uma Kesalan Patharan, vinda de sua bisavó.
Orihime percebeu que Aya era mais especial do que parecia, era uma descendente de um D’Arc e tinha poderes de uma Kesalan Patharan, além de possuir o mesmo dom de Joana de escutar santos, porém Aya escutava e conversava com Metatron, que na verdade era o Serafim Metatron, mais conhecido como “Porta-voz Divino” guiando Aya e a revelando suas descendências.
Em uma noite, Orihime contou para Aya que era especial, tinha poderes e que era diferente dos outros naquela mansão, menos da própria Orihime que tinha poderes como ela. Em uns raros momentos com seus pais ela perguntara se era verdade aquilo que a babá dissera, a mãe então a conta, com desdém, sobre sua bisavó, sem dar muita importância para aquilo, deixando o assunto de lado, conversar com a própria filha era algo que a incomodava.
Orihime viu como Aya era especial, que devia exercitar esse seu lado Youkai e descobrir sua descendência D’Arc sozinha, então ela decide falar com os pais de Aya, convencendo-os a mandá-la para a Academia Youkai Gakuen, ao qual fica longe da mansão e era uma Academia integral, fazendo com que Aya morasse lá, era um ótimo colégio preparando-a para as melhores faculdades do país. Os pais se interessam pela academia, inscrevendo-a logo no dia seguinte.
Quando Aya estava indo para a academia, ficou revoltava, se fechando totalmente, os pais estavam a separando da pessoa que ela mais amava, sua verdadeira mãe, aquela que a criou e educou. Mas antes de sair Orihime vai até Aya dá um presente para ela, um cachimbo antigo da família D'Arc e a diz: “Sempre estarei com você minha fadinha, quando precisar de mim é só chamar, além disso, sempre confie em Metatron ele pode te ajudar mais do que você pensa, você é mais especial do que imagina e não se esqueça esse lugar que está indo é o melhor para você, vai fazer amigos e descobrir seu verdadeiro poder. Esse presente é para lembrar de sua descendência e de mim, tome conta dele.” Por fim da um beijo na testa de Aya, coloca-a dentro do carro e fecha a porta. Orihime ia cumprir sua promessa, sempre que Aya precisasse ela iria aparecer para ajudá-la, estaria sempre perto dela, mesmo Aya não percebendo.

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dare-pyon
Avaliador
Avaliador
avatar

Mensagens : 282

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Sub-ADM / Avaliador
Nível: 99
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Takahashi Aya   Sex 17 Jan - 6:06

Ficha aprovada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Takahashi Aya
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Shizune Takahashi

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Youkai Gakuen :: Início :: Fichas de Personagens-
Ir para: