CalendárioPortalInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Kinoshita Katsuya

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kinoshita Katsuya
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 47

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Invoker
Nível: 4
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Kinoshita Katsuya   Sab 13 Jul - 0:12


Ficha + Personagem

 
Nome Completo: Matthew Chevalier/Kinoshita Katsuya
 
Idade: 15
Data de Aniversário: 07/08 ou 07 do Outono
 
Sexo: Masculino
 
Ocupação: Aluno do Primeiro Ano
Avatar 1: Araragi Koyomi [Bakemonogatari/Nisemonogatari]
Avatar 2: 
Avatar 3: 
 
Youkai: Invoker
Aparência:  Seu cabelo é preto e com uma mecha estranha apontada para cima que se mexe quase que independentemente. Seus olhos são cinzentos, que de vez em quando se tornam dourados ou vermelhos quando usa as habilidades. Possui uma altura mediana (em torno de 1,65m), não possui músculos delineados e quem o vê sem conhecê-lo provavelmente o acharia um fracassado, já que tem quase sempre um ar de preguiça e/ou desleixamento no rosto.
 
Personalidade: Assim como aparenta, é um preguiçoso que dificilmente se esforça pra fazer alguma coisa, exceto ficar olhando as mulheres. Apesar de não parecer, é extremamente inteligente e aprecia uma boa discussão. Adora tecnologia e se sente interessado por qualquer coisa "nova", além de ter uma pequena queda por dinheiro. Outra coisa: Ele sempre quer saber o que está acontecendo, quando acha que está na ignorância, se sente irritado e faz o possível para descobrir o que está o incomodando.
 
 

Ficha + Habilidades

 
Força: 40
Agilidade: 70
Destreza: 100
Inteligência: 150
Vitalidade: 40
Magia: 100
 
Habilidades Especiais
 Habilidade Passiva: Guns
 Descrição: Todo o seu método de combate é baseado nas armas ranged que possui, as quais invoca e desinvoca. Sua velocidade de ataque aumenta em 20% por 4 turnos toda vez que acerta um alvo. Não é cumulativo, mas reseta o timer. Trocar de arma conta como uma habilidade especial.
 
 Habilidade 1: Roses (Passiva)
 Descrição: Passiva. Todo tiro que ele atira causa uma dor muito mais intensa do que um tiro normal, como se estivesse com o membro que levou o tiro estraçalhado (sensação apenas, nada de ele achar que perdeu o braço). Cada tiro atingido aplica um Conter no alvo que dura por 3 turnos. Cada Counter aplica 10% de Lentidão na vítima por causa da dor, e seu tempo de duração reseta quando um novo Counter é adicionado. Quando a vítima receber o terceiro Counter, sofrerá uma dor tão intensa que ficará Aterrorizada por 2 turnos. Quando este efeito for aplicado, todos os Counters somem.
 
 Habilidade 2: Sniper Rifle (2 turnos de cooldown) (50 Mana na troca)

 Descrição: Um rifle de precisão. Nesse modo, seu Alcance é duplicado, mas sua Velocidade de Ataque e Concentração diminuem em 25%. Os tiros contam como um ataque básico, mas o dano que causam é de 35(+150% do Ataque Mágico). Trocando de arma, os efeitos somem imediatamente.
 
 Habilidade 3: Pistol (1 turno de cooldown) (25 Mana na troca)

 Descrição: Uma pistola, com a forma que ele tiver vontade. Nesse modo, os tiros contam como um ataque básico ou uma habilidade. Ou seja, soma-se os ataques básicos não usados com as habilidades especiais não usadas e você tem o número efetivo de tiros que pode dar com a pistola. Por exemplo, se eu tenho 0.5 de AtkSpd e 1.0 de Concentração, tecnicamente eu tenho 1 ataque básico a cada dois turnos e 1 habilidade por turno. Num turno, eu troco de arma para Pistol (gastando a habilidade), mas não ataco. Assim, tenho 0 (habilidade) + 0.5 (ataque básico) sobrando para tiro no mesmo turno. No seguinte, eu vou ter o 0.5+1.0. O dano de um tiro é de 10 (50% do Ataque Mágico). Trocando de arma, os efeitos somem imediatamente.
 
Habilidade 4: Rocket Launcher (8 turnos de cooldown) (100 Mana na troca)

 Descrição: Um lança-foguetes. Essa é a sua arma mais destrutiva, cara e demorada pra recarregar. Nesse modo, ele atira um míssel que causa dano em TODOS (amigos, inimigos, aleatórios..) ao redor do alvo num raio de 2 metros. O dano do míssil é de 50 (+200% do Ataque Mágico). É consideravelmente lento, então só é difícil se esquivar se o alvo estiver sob algum Status Anormal. O míssil é contado como uma habilidade. Logo, se ele mudou de arma em um turno, não pode atirar no mesmo. Katsuya recebe lentidão de 20% com esse rocket launcher, já que é magicamente pesado pra burro. Sua passiva "Roses" não é aplicada neste caso.

 
Informações Extras:
- Sempre quis aprender Aikidô
- Sabe um pouco de programação
- OFF não tem ideia do que colocar nos extras



Biografia

Matthew nasceu no norte de Quebec, no Canadá, filho de um pai canadense e uma mãe japonesa. O seu pai era o chefe da família Chevalier e o CEO e dono de uma empresa de eletrônicos bem-sucedida. Acontece que a família Chevalier era uma família de descendentes de Invoker, magos inteligentes pra caramba e apenas os chefes da família sabiam disso, já que quase ninguém apresentava algum poder sobrenatural e precisasse saber. Sendo o único filho do casamento do seu pai com a sua mãe, ele era o herdeiro da empresa e dos bens majoritários da família e foi educado como tal, frequentando escolas ricas e aprendendo a se comportar como um "senhor".


Apesar de gostar da sua família e não achar o seu dia-a-dia ruim, ele gostava muito de passar tempo com a sua meia-irmã mais velha (bastarda do seu pai), que namorava um membro de gangue. Curiosamente, o líder dessa gangue era tio de Matthew. Assim sendo, Matthew era levado pra gangue – escondido - e era zoado pelo pessoal, mas se sentia bem lá. Até tinha um grupinho de crianças da idade dele, como irmãos, primos, filhos de membros da gangue. Dentre essa meia dúzia de crianças, ele conversava muito com a filha do líder - um ano mais velha e sua prima - e que era bastante inteligente, produzindo debates interessantes. 


Matthew achava as lutas de gangue por poder e influência na cidade engraçadas, porque comparava com um monte de patos brigando por milho (por algum motivo). Uma coisa que realmente chamou sua atenção, porém, foram as armas de fogo que eles usavam. De vez em quando, lhe era permitido atirar com uma pistola e ficava bem feliz quando acertava o alvo.


Depois de uns dois ou três anos que frequentava o point da gangue, ele botou na cabeça que queria participar de uma briga pra “pegar os caras maus”. O namorado da sua irmã disse que ele poderia participar como atirador de elite – uma coisa nova nas brigas de gangue – se passasse no teste feito pelo melhor atirador da gangue. Obviamente, ele não passou, mas se saiu bem o suficiente para chamar a atenção do aplicador do teste, que se ofereceu pra ensinar ele a atirar. Depois de alguns meses, o garoto se saía muito bem atirando e até conseguiu permissão pra ficar de tocaia em cima de prédios pra ajudar.


Até aí, estava tudo muito bom. Tinha as coisas normais de futuro líder da família misturadas com a diversão do point da gangue. Porém, como tudo o que é bom acaba, a prima dele começou a aparecer com machucados e a se isolar, sem querer conversar e ficava apenas observando. De tanto encher o saco, Matthew conseguiu que ela falasse o problema: o líder da gangue, tio de Matthew e pai dela, estava a molestando por um bom tempo.


O invoker-que-não-sabia-que-era-invoker já tinha matado gente. O que mudava matar um gordo pedófilo que era um dos maiores chefes do submundo? Passou uma tarde inteira esperando no prédio da frente com um rifle roubado. Quando o tio apareceu na janela, morreu.
Apesar de ser um nojento, ele era um dos pilares da família Chevalier e o principal apoio do pai de Matthew. Um primo de segundo grau invejoso e que tinha contatos se aproveitou da situação pra fazer com que a família se dividisse. Algo deu errado, porém, e a empresa de eletrônicos faliu, levando junto a maioria dos bens da família.


Desesperado e com medo das ameaças de morte que recebeu de alguns membros por ter feito a família falir, o ex-líder da família Chevalier fugiu com a esposa e o filho para o Japão, onde explicou tudo para o filho (a japonesa já sabia). Eles ficaram um tempo sem saber o que fazer, matricularam o garoto numa escola pública, o pai foi trabalhar numa loja de conveniência e a mãe, num McDonalds. Mais ou menos nessa época eles acharam melhor Matthew trocar o nome para algo mais... nativo, e, assim, se tornou Katsuya. Pela magia dos RPGs e histórias de ficção, ele acabou escutando rumores sobre a Youkai Gakuen – como uma lenda urbana – e comentou com os pais sobre isso. Achando que valia a pena tentar, investigaram e descobriram a existência da academia. 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dare-pyon
Avaliador
Avaliador
avatar

Mensagens : 282

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Sub-ADM / Avaliador
Nível: 99
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Kinoshita Katsuya   Sab 13 Jul - 2:33

 Ficha balanceada e aprovada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Kinoshita Katsuya
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Treino N.17 [MAI] Katsuya
» Treino N.20 [MAI] Treino Especial Katsuya
» Filler 74 [MAI] Cemitério das Gárgulas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Youkai Gakuen :: Início :: Fichas de Personagens-
Ir para: